domingo, 26 de agosto de 2018

Sopa de Pepino e Curgete

Todos os achavam parecidos! Havia até os que pensavam que eram irmãos, idênticos, gémeos quem sabe?
Conheciam-se desde crianças, inseparáveis, confiavam plenamente um no outro e estar juntos era do que mais gostavam. Unia-os uma profunda amizade, ou seria amor?
A questão surgiu-lhes sem estarem à espera e apanhou-os desprevenidos! Um brilho diferente no olhar, um sorriso contido, um suspiro involuntário. Seria possível retroceder, fingindo não ver?
Tinham o universo para conquistar ou tudo a perder?
Se os opostos se atraem no amor, estariam irremediavelmente condenados, ou seria a sua semelhamça apenas um factor exterior?


Quando temos uma horta a forma como decidimos o que cozinhar altera-se ao sabor das estações e do que ela, generosamente, nos oferece. Este ano abundam as curgetes e  os pepinos, chegam para nós e para oferecer aqueles de quem gostamos. Fazendo como a formiga, que se prepara no verão para os dias agrestes do inverno, congelei bastante curgete, já o pepino não permite dessas brincadeiras. As saladas incluem-no quase diariamente, mas porque não usa-lo numa sopa?
Gaspacho leva pepino e nestes dias quentes sabe tão bem, mas e se fosse numa sopa convencional?



Nunca tal me teria ocorrido, foi um desafio do meu marido! Pesquisei e vi que já existem por ai várias receitas de sopa com pepino, a generalidade com o legume cru acompanhado por iogurte natural.
Procurei fazer algo diferente e arrisquei pensado que o mais certo seria ninguém apreciar tal "esquisitice"! Sempre tendo presente que aqui em casa todos gostamos muito de pepino... Resolvi arriscar! Unir o pepino e a curgete foi uma junção feita pelo verão, já que crescem lado a lado, como irmãos! O sabor mais forte de um e a sauvidade do outro criam um equilibrio perfeito.
É uma receita baixa em calorias, boa para quem está de dieta, ou quer simplesmente compensar algumas "asneiras" que as férias convidam tão amavelmente a cometer. Além disso não dá trabalho quase nenhum, faz-se num piscar de olhos, permitindo-nos sair bem depressa da cozinha, porque férias são para disfrutar do sol, da praia e de tanta coisa boa feita de ar livre, azul e verde!



Sopa de Pepino e Curgete

Ingredientes:

600g de pepino;
600 g de curgete;
250 g de cebola;
500 ml de água;
azeite q.b.;
sal q.b.;
folhas de hortelã (opcional).



Execução:

Descascar o pepino e a cebola.
Cortar a curgete, o pepino e a cebola em pedaços pequenos reservando algumas rodelas de pepino para decoração.
Levar ao lume com a água e o sal.
Após levantar fervura, deixar cozinhar durante 15 minutos.
Triturar até obter um creme aveludado e temperar com azeite.
Decorar com folhas de hortelã e rodelas de pepino.
Servir quente ou fria.




Uma sopa muito simples dedicada aos amantes de pepino, talvez por isso muito apreciada cá por casa. Caso se atrevam a experimentar voltem para contar o que  acharam.

2 comentários:

  1. Bom dia!
    Estou passando com exclusividade em seu cantinho para lhe desejar um dia lindo com muita saúde e paz.
    Estou na biblioteca em que trabalho e nesse tempinho vago, com os alunos em sala de aula, peguei um livro de auto ajuda e li esta frase :
    “Aproveite o dia, aproveite a vida, você merece ser feliz! Alimente pensamentos positivos, deixe um pouco de lado todas as preocupações. Viva o hoje fazendo o que ama, se presenteie com a paz …”
    Me bateu a vontade de visitar os seguidores e amigos e compartilhar essa bela lição.
    Tenha uma semana feliz, livre de todo perigo e com muito amor e paz. Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    Os links dos meus blog, caso um visitante seu deseje conhece-los e seguir. Todos serão bem vindos.
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com/
    http://lourdesduarteprof.blogspot.com/
    https://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Olá Helena,
    Gostei muito da sugestão. E o pepino é realmente agradável quando cozinhado,
    além de ser de baixo valor calórico... assim como o irmão idêntico!
    Beijinho amiga.

    ResponderEliminar