quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Argola de Pão Recehado com Presunto, Mozarela e Ervas Aromáticas - World Bread Day 2014

Passas em galope veloz, nunca olhas para trás... ou talvez olhes, mas sem te deteres! És um cavalo louco, em constante corrida, não esperas por ninguém, não páras por nenhum motivo!
Mesmo quando te peço que abrandes, que vás um pouco mais devagar, fingues não perceber e segues, segues nesse teu ritmo feroz e fazes-me correr também! Corro porque não te quero perder, embora sinta que és como os grãos de areia que teimam em escapar da palma da minha mão!


Cá estou eu novamente a celebrar o "Dia Mundial do Pão", que também é o "Dia Mundial da Alimentação". 
O tempo é mesmo um cavalo de corrida que galopa incessantemente! Parece-me foi há dias atrás que fiz os  Caracois de Pão Integral com Chouriço e Tomate Cherry,  para celebrar este dia, mas já lá vai 1 ano!


Um pão bem fácil de fazer, sem complicações, de miolo macio, côdea crocante e com um cheirinho... quem me dera pudessem sentir o cheirinho dele! 
Quanto ao recheio... ele é generoso e muito, muito saboroso! As ervas aromáticas dão-lhe um toque especial.


Argola de Pão Recheado com Presunto, Mozarela e Ervas Aromáticas

Ingredientes:

Massa do pão

350 g de farinha de trigo T 65;
200 g de farinha de trigo integral;
300 ml de leite;
2 ovos M;
2 colheres de sopa de creme vegetal;
1 colher de sopa de açúcar mascavado;
1 pacote de fermento de padeiro seco (4g);
1,5 colheres de chá de sal.

Recheio

300 g de presunto fatiado;
2 bolas de queijo de bufala;
rodelas de azeitonas pretas e verdes;
folhas de salvia e de tomilho q.b. *

sementes de sésamo brancas e pretas para colocar por cima da argola.

*podem-se substituir por outras ervas a gosto como por exemplo oregãos, alecrim, salsa, coentros...



Execução para a MDF:

Amornar o leite mais ou menos a 30.º C, misturar o creme vegetal derretido, juntar os ovos e bater ligeiramente. Verter na cuba da máquina.
Peneirar a farinha de trigo e misturar com a farinha de trigo integral, o açúcar, o sal. Adicionar aos restantes ingredientes.
Juntar o fermento.
Selecionar o programa para massa (na minha máquina é o n.º 6).
Findo o programa retirar a massa do pão e estender sobre uma superfície na qual se espalhou um pouco de azeite (para evitar que se pegue), formando um estrangulo como o da imagem.
Dispor os ingredientes do recheio sobre a massa e enrolar como se fosse uma torta. Unir os extremos formando uma argola, sobrepor um pouco e presionar os bordos da massa para unirem bem.
Com um pincel molhar um pouco a superfície do pão e salpicar com as sementes de sésamo.
Deixar levedar cerca de 1 hora, num ambiente aquecido.
Com uma faca afiada dar 4 golpes na superfície do pão.
Pré-aquecer o forno a 240.º C.
No fundo do forno colocar um tabuleiro com água a ferver.
Cozer durante 20 minutos e depois baixar a temperatura para 200.º C, cozer mais 20 minutos.
Caso comece a ficar demasiado tostado cobrir com um pouco de papel vegetal.
Deixar arrefecer sobre uma grelha.


Método tradicional:

Peneirar a farinha de trigo.
Numa tigela misturar ambas as farinhas e o açúcar.
Abrir uma cova ao centro, colocar sobre a farinha, de um lado o fermento e do outro o sal.  
Adicionar o leite tépido e o creme vegetal derretido.
Gradualmente envolver a farinha, no liquido até que esteja toda incorporada. 
Sobre uma bancada levemente engordurada (com um pouco de azeite), amassar bem, cerca de 10 a 15 minutos, até que obter uma massa elástica e macia, que possibilita formar uma bola e descola da bancada. 
Colocar de volta na tigela, cobrir com um pano e deixar levedar num sitio aquecido entre 1 a 2  horas (com tempo frio pode demorar mais, mas pode-se amornar ligeiramente o forno e colocar lá dentro para ajudar). Decorrido este tempo a massa levedou e cresceu bastante (no minimo para o dobro do volume ou mais).
Voltar a amassar, retirando todo o ar.
A partir daqui proceder como na descrição anterior.


À mão ou na máquina, fazer pão em casa tem algo de mágico! Não sei explicar mas poucas coisas me dão tanta satisfação na cozinha como cortar um pão, feito por mim, ainda morno, cheio de promessas saborosas no seu interior!
Depois leva-lo para a mesa a apreciar as expressões de quem está à volta. 
Não são precisas palavras!


Ainda chega para vocês, fiz assim grande para poderem levar uma fatia.

21 comentários:

  1. Que delícia, Lenita! Parabéns pela sua participação.
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
  2. Una pinta fantástica y para cenar me parece genial.Bssss

    ResponderEliminar
  3. Olá Lenita!!! Eu sou fã número 1 de pães caseiros, a felicidade de ter um pão quentinho para o lanche não tem preço!!! O seu ficou lindo, estou levando a receita!! Beijos! =)

    ResponderEliminar
  4. What a beautiful stuffed bread. I grew up with this wonderful savory treat. Delicious. Blessings, Catherine

    ResponderEliminar
  5. Uma refeição completa! Adorei! beijinho

    ResponderEliminar
  6. Ficou lindo e com recheio delicioso
    Adorei Lenita
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Olá Lenita: aceito a minha fatia sim,pois este pão não engana que deve ser uma super delícia!!! Adorei a crosta crocante ( à qual dificilmente resisto,eheh) . O recheio também é excelente e este é um pão que faz de refeição,não é?
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  8. Olá Lenita!
    Apesar de nem sempre vir aqui, quero que saibas que te sigo e adoro as tuas receitas e partilhas. Ainda à dias te queixavas da falta de comentários no Facebook, pois, as redes sociais têm destas coisas, mas não vale a pena desistir quando se tem tanto talento e tanto bom gosto para mostrar. Cada receita tua é uma obra irresistível e este pão recheado não é excepção. Adorei esta sugestão e vou querer experimentar. E as imagens, belíssimas, como sempre. ;)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Célio pelas tuas palavras tão amáveis. Eu admiro imenso o teu trabalho e já o tenho dito muitas vezes.
      O facebook... bem , já sabemos que quem não paga não vê o seu trabalho divulgado, transformou-se num negócio de publicidade, o que não acontecia no começo! Paciência, mas de facto tem momentos que é desalentador.

      Eliminar
  9. Como a Lenita diz: "não são precisas palavras."
    Beijo


    http://amalgama-de-coisa-nenhuma.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Fico sempre com água na boca ao ver os teus pães. ultimamente tenho tido preguiça de fazer pão, pois para mim é algo que faço no conforto da casa, enquanto o inverno tenta bater à porta :)

    ResponderEliminar
  11. Sempre achei que tinhas imenso jeito para fazer pão, Helena, desde que te acompanho e uma vez mais vens comprovar que não estou enganada.
    Lindo este teu pão, uma excelente participação no WBD !

    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Bem... é impossível ficar indiferente ao teu pão recheado! Tem tão bom aspecto que apetecia colocar a mão numa dessa maravilhosas fatias...
    Foi uma excelente participação no WBD! Adoro as tuas fotos!
    um beijinho

    ResponderEliminar
  13. minha querida amiga docinha cheguei atrasada mas a tempo de ver e pegar a receita deste maravilhoso pão foi uma bela particpação amiga um grande beijo

    ResponderEliminar
  14. Ficou lindo a lembrar o Bolo Rei na versão salgada. Muito bom!

    ResponderEliminar
  15. Olá Lenita!
    Que bela apresentação desse pão excelente e o sabor deve ser delicioso, Minha querida, tive uma oferta
    da nossa amiga Josy e aceitei essa tarefa com magrado, e tenho para si um selinho no meu blog, sinta-se à vontada para aceitar ou não, pois sabemos que a vida é uma correria.
    Beijinho amiga

    ResponderEliminar
  16. Con ese relleno que rico tiene que estar.
    Besos
    Blanca de JUEGO DE SABORES

    ResponderEliminar