segunda-feira, 22 de abril de 2019

Folar de Páscoa

Páscoa é tempo de passagem... passa o inverno austero e chega  a primavera exibindo, vaidosa, a sua roupa nova; passam os dias curtos e escuros, dando lugar aos mais crescidos, radiosos de luz; passa o frio que prendia ao consolo da lareira e chegam as tardes vestidas de estio; a natureza passa a ter verdes tenros e o ar anda embriagado pelo aroma de tantas flores. O tempo é feito de  passagens e eu gosto de passar por elas.


Abril é um mês muito especial para mim, está repleto de datas marcantes e bons motivos para comemorar a vida e as suas passagens. Ele marca o meu nascimento, a data do meu casamento, o aniversário do meu filho. Festejamos também com ele, este ano, a Páscoa, o que nos dá sempre bons motivos para levar à mesa aquelas iguarias que tanto apreciamos. Há receitas que só faço na Páscoa e o Folar doce é uma delas, nesta altura tem um sabor especial, não era a mesma coisa se o comêssemos com regularidade.


Adaptei a receita de Folar de Páscoa, publicada na revista Teleculinária n.º1968 de abril, para a versão feita com fermento natural, mantendo o rácio farinha/líquidos/açúcar. 
Vou apresentar ambas as versões e assim não há desculpa para não fazerem. É de fácil execução e muito bom o resultado.
Sigam a recomendação de pincelar com a gema de ovo já perto do final do tempo de assar, eu não o fiz e por isso ficou mais escuro.


Folar de Páscoa -  com fermento natural

Ingredientes:

Massa mãe
60 de fermento natural (sem alimentar, composto por 30g farinha + 30 g de água);
70g de farinha de trigo;
70g leite;
50g açúcar.
Massa
400g de farinha de trigo T65;
50g açúcar;
75g manteiga à temperatura ambiente;
3 ovos;
Raspa de 1/2 laranja;
1 c. chá de canela em pó;
1 c.cha de erva doce;
1 pitada de sal;
1 gema para pincelar;
2 ovos cozidos.


Execução (versão com fermento natural):
Preparar a massa mãe com 6 a 8 horas de antecedência, misturando todos os ingredientes.

Bater os ovos inteiros com o açúcar e a manteiga.
Juntar a massa mãe e misturar bem.
Adicionar a farinha, a canela, a erva doce, o sal e raspa de laranja.
Misturar incorporando todos os ingredientes mas sem amassar e deixar repousar 1 a 2 horas.
Amassar bem.
Deixar levedar à temperatura ambiente durante 12 horas (deixei toda a noite e parte da manhã).
Dividir a massa em duas artes iguais, moldar 2 folares e colocar 1 ovo cozido em cada.
Deixar repousar à temperatura ambiente 1 hora (ou no frigorífico o tempo que se quiser)
Assar em forno pré-aquecido a 170ºC, durante 30 min. Alguns minutos antes de terminar pincelar com a gema de ovo.



 Folar de Páscoa - versão com fermento de padeiro

Ingredientes:

500g de farinha de trigo T65;
100g açúcar;
75g manteiga à temperatura ambiente;
100 ml de leite morno;
30g de fermento de padeiro fresco;
3 ovos;
Raspa de 1/2 laranja;
1 c. chá de canela em pó;
1 c.cha de erva doce;
1 pitada de sal;
1 gema para pincelar,
2 ovos cozidos.


Execução (versão com fermento de padeiro):

Desfazer o fermento no leite tépido.
Bater ligeiramente os ovos e juntar ao leite com o fermento.
Adicionar a manteiga e misturar bem.
Misturar o sal com a farinha, a canela e a erva doce.
Juntar os liquídos com a farinha e amassar bem.
Deixar levedar à temperatura ambiente 1 ou 2 horas, ou até que duplique de volume.

Dividir a massa em duas partes iguais. Moldar duas bolas e colocar 1 ovo cozido em cada.
deixar repousar à temperatura ambiente entre 30 minutos a 1 hora /depende da temperatura ambiente).
Levar ao forno, pré-aquecido a 170º C, durante 30 min.

Uns minutos antes de terminar pincelar com a gema de ovo.


Espero que a vossa Páscoa tenha sido muito doce e que vos traga boas passagens!

Sem comentários:

Publicar um comentário